Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2013

Apenas uma chance

Imagem
Imagem via Tumblr
Quero apenas uma última chance para dizer tudo o que eu senti e o que sinto por você.Quero dar detalhes dos meus sentimentos. Quero poder dizer claramente tudo o que senti durante todos esses anos em que guardei dentro do meu peito. Da raiva que senti por não ter coragem de enfrentar o medo de reaparecer e  colocar para fora o que estava guardado. De pensar que você viria correndo atrás de mim quando me visse casualmente na rua e ter a esperança de isso aconteceria. Passou...passou... E agora os anos se foram, fiquei estagnada sem reagir, sem forças e com o pior dos medos, de ser rejeitada e o pior não ser lembrada. E tudo o que eu queria era arrancar do peito, todos esse tumulto de sentimentos com raiz para que parasse de me atormentar de vez. Por quê guardo  o que não é bom, mas lá no fundo tenho a plena certeza que é o melhor que posso sentir? É o que me faz feliz sabendo que não viverei isso, mas nos meus sonhos, eu ainda vivo como se fosse hoje e acredito que esse conto…

Encontro marcado

Imagem
Imagem Bel Rech
Corri para nosso encontro...Você não estava! Será que me adiantei?Sim o relógio mostrava que estava adiantada... Meu coração parou por um segundo, talvez dois, minha angústia aumentava a cada olhada no relógio. O frio que senti não era do vento que balançava meus cabelos, mas sim do medo que ele não viria. Os arrepios eram uma mistura de dor e de perda. Nós tínhamos um encontro marcado! Fui em direção do nosso lugar e sentei-me nas pedras debaixo de árvores frondosas, nosso lugar secreto. Observei os pássaros, o balanço das folhas e o sussurro do vento, tentando me acalmar. Coloquei a cabeça entra as mãos e deixei as lágrimas corressem  livremente por um encontro sem êxito, por um amor perdido...sem um adeus! (Bel Rech)